CLAVES – brincando nos fortalecemos para enfrentar situações difíceis

O corpo humano foi um dos mais belos presentes dados por Deus ao homem, como o salmista Davi diz: “de um modo tão admirável e maravilhoso fui formado” (Sl 139.14). A experiência de conhecer e utilizar este corpo deveria ser maravilhosa também. Mas, infelizmente, para muitos ela se torna uma experiência dolorosa e frustrante quando marcada pela violência.

A educação para a sexualidade é o melhor caminho para prevenir experiências negativas na vida das crianças e dos adolescentes. Numa sociedade tão erotizada como a nossa, formar uma consciência saudável, sobre a sexualidade, sobre o cuidado com o corpo e sobre o prazer das relações humanas é de vital importância. Com essa consciência as crianças e os adolescentes são capazes de estabelecer vínculos seguros consigo mesmos e com aqueles com quem convivem. Mas como fazer isso de forma positiva, sem levar a criança a reviver a dor de experiências negativas? Como formar uma consciência saudável despida da nossa própria compreensão adulta, que muitas vezes é marcada por preconceitos?

O programa CLAVES faz parte das ações da Juventude para Cristo do Uruguai e tem se desenvolvido no sentido de capacitar e assessorar aqueles que lidam com crianças e adolescentes para a prevenção da violência sexual.

Com o slogan “Jogando nos fortalecemos para enfrentar situações difíceis”, o programa aposta no jogo, na brincadeira, como meio eficaz de ensinar a criança e o adolescente. A equipe construiu uma metodologia que trabalha o prazer do autoconhecimento e o fortalecimento das estruturas pessoais, de um jeito bem descontraído e brincalhão, o que favorece a participação e a expressão dos sentimentos. O material leva em conta a idade da criança, respeita a compreensão de cada uma delas e aborda as questões de maneira simples, sem rodeios e sem expor a criança ou o adolescente a situações de constrangimento.

Aconteceu no mês de setembro de 2003, em Montevidéu, um encontro de capacitação realizado pela Juventude para Cristo em parceria com a Tearfund. Do Brasil foram representantes da Casa Filadélfia, Diaconia, Reame-Rede Viva e ABIAH-OASIS. Participaram também outras lideranças e profissionais do Uruguai, Paraguai, Argentina e Bolívia. Foram quatro dias de muito trabalho e também de muita diversão. Cantamos, brincamos, aprendemos muito e, acima de tudo, renovamos o nosso propósito de proteger nossas crianças e nossos adolescentes.

Mais informações sobre o CLAVES, clique aqui.

Autor(a): Ieda Bochio, é coordenadora geral da Casa Filadélfia, em São Paulo.

WhatsApp chat

Receba nosso boletim quinzenal gratuitamente

Prerencha seu nome e o melhor email abaixo para receber nosso boletim

Não se preocupe, não enviamos spam!

Receba nosso boletim quinzenal gratuitamente

Preencha seu nome e o melhor email abaixo para receber nosso boletim

Não se preocupe, não enviamos spam!