Histórias de Resiliência- Cida Mattar

Uma criança de 6 anos, adotada desde bebê, decide que quer ser amigo da mãe biológica, não para ela voltar a ser mãe, mas para apresentar Jesus para ela.

Por que esta é uma história de resiliência? Porque a criança, mesmo prejudicada pela situação de abandono na primeira infância, inverte o caminho natural das coisas. Ao invés de se sentir inferior, com baixa auto-estima, ela demonstra muita auto-confiança ao ponto de querer influenciar sua mãe biológica. E ela faz isto porque ela tem Jesus como seu amigo pra lá de especial.

Uma jovem, filha de pais alcóolicos, criada num lar onde maus tratos e violência eram comuns, decide dedicar sua vida para aliviar o sofrimento de crianças que perderam o vínculo familiar e estão institucionalizadas.

Por que esta é uma história de resiliência? Por que ela não se entregou o álcool ou drogas como seus pais. Ela podia ter resolvido fugir e tentar a vida sozinha, longe dos pais. Ela podia ter escolhido simplesmente trabalhar para ter as coisas e ser bem sucedida. No entanto, ela resolveu doar a sua vida e fazer o bem. Ela não deixou que o problema dos pais fizesse dela uma pessoa amarga, mal resolvida ou egoísta

 

A cozinheira de um projeto social, criada em extrema pobreza, depois de anos de trabalho e luta para educar os filhos, decide voltar a estudar e a aprender a ler.

Por que esta é uma história de resiliência? Por que esta mulher não desistiu de um sonho. Ela teve paciência, esperança e perseverança. As coisas não tinham que acontecer todas na hora dela. Ela soube dar importância para a tarefa de cuidar dos filhos para depois fazer o que sempre sonhou.

Uma educadora social, trabalhando numa comunidade muito violenta, e muito consciente do perigo e das ameaças, decide ir até o traficante local exigir que ele devolva a menina entregue a ele como pagamento de dívidas da mãe. Depois de resgatar a criança, descobre que os avós moram há dois dias de distância. Ela leva a criança até eles.

Por que esta é uma história de resiliência? Por que a educadora social tem coragem da alma e firmeza nas atitudes. Diante do que é certo ou do que é conveniente, ela escolheu o que era certo.

Um menino com comportamento anti-social dá tanto trabalho para ir à escola que os pais o colocam na APAE. O irmão mais velho começa a trabalhar com ele ensinando-o a tocar violão. Com as aulas e apoio intensivo do irmão, o menino muda seu comportamento, volta a estudar na escola regular e se torna um excelente músico.

Por que esta é uma história de resiliência? Por que o menino conseguiu transformar uma coisa ruim em algo bom para ele. A música o tirou de um comportamento anti-social o contrário. Hoje ele é capaz de encantar uma platéia com a sua música.

Uma menina de 11 anos, ora a Deus pedindo que seu irmão volte para casa depois de 3 anos fora. A mãe e o irmão estavam brigados por 3 anos. A menina, depois de orar, se arma de coragem e vai atrás do irmão pedindo para que ele perdoe a mãe. O rapaz volta e se reconcilia com a mãe.

Por que esta é uma história de resiliência? Por que a menina acredita que Deus pode atuar na situação e que Deus muitas vezes nos usa. Ela trabalha pela paz, usa a sua fé para isto e mostra muita iniciativa e sabedoria para promover a reconciliação.

WhatsApp chat

Receba nosso boletim quinzenal gratuitamente

Prerencha seu nome e o melhor email abaixo para receber nosso boletim

Não se preocupe, não enviamos spam!

Receba nosso boletim quinzenal gratuitamente

Preencha seu nome e o melhor email abaixo para receber nosso boletim

Não se preocupe, não enviamos spam!