Abrimos o coração para que Deus falasse e ele falou

Abrimos o coração para que Deus falasse e ele falou

→ Leve-me direto aos materiais do Mutirão Mundial de Oração.

 

A Igreja Batista do Coqueiral é hoje uma referência em termos de envolvimento com a comunidade na qual está inserida. Com 350 membros, ela atinge diretamente mais de 2.000 pessoas com os três programas sociais executados por meio de 18 projetos.

Em 2002, a frequência dominical tinha caído para 100 pessoas apesar de serem 250 o número de membros formais. De lá para cá, houve uma grande mudança, especialmente quando levamos em conta a idade desta igreja. São 95 anos hoje.

As mudanças ocorreram por meio liderança do Pr. José Marcos que soube unir a sua visão à de sua liderança num processo de apoio mútuo sustentado à longo prazo iniciado há 18 anos. É uma história muito bonita, disponível no livro: “Desculpe o transtorno, estamos mudando a igreja”*.

Evandro Alves, líder da igreja desde aquele tempo que participou ativamente do processo de seleção do Pr. José Marcos, no início de 2000, 20 anos atrás.

“No início de 2002 ficamos sem pastor e nossa igreja, Igreja Batista do Coqueiral, da periferia de Recife, PE, passou a orar. Muitas vigílias de oração foram realizadas para que o Senhor enviasse uma pessoa que desse continuidade ao trabalho que Deus já vinha desenvolvendo na nossa igreja.

Pensamos num perfil de pastor que fosse indicativo para nós. Lembro que uma das questões era o tempo que o candidato pensava em ficar na nossa igreja porque nós já percebíamos que a obra que Deus estava fazendo em Coqueiral era uma obra de longo prazo. Existia no meio batista uma ideia que um pastor passava, em média, cinco anos numa determinada igreja. Cinco anos era muito pouco para alcançar o que Deus queria realizar em nosso meio.

O Pr. Eupídio Neres, foi convidado por nós a conduzir o processo de sucessão pastoral. Ele tinha um bom trânsito no meio do grupo de pastores ativos assim como de seminaristas da nossa convenção. Depois de algum tempo ele confessou: “Não estou encontrando nenhum pastor com o perfil para a Igreja Batista do Coqueiral.”

Intensificamos as nossas orações e vigílias. Numa delas, uma irmã recebeu o texto, por meio de revelação, da escolha de Davi. Nossa tradição era escolher pastores com experiência e lastro na denominação. Isto foi marcante pois ao compartilhar, discernimos que Deus nos orientava a procurar uma pessoa diferente dos moldes tradicionais da Igreja Batista do Coqueiral. Numa outra vigília, a mesma irmã teve uma segunda visão. Ela viu uma pessoa fardada, de roupa camuflada apertando a mão dos irmãos na saída, após o culto. Na época, não entendemos muito bem do que se tratava.

Enquanto isto, o Pr Elpídio acompanhava o seminarista José Marcos, que se preparava para o pastorado no Seminário Batista do Norte do Brasil. Ele começou a perceber que as respostas que o seu discípulo dava e as conversas que tinham dentro do discipulado dava indícios de que ele era uma pessoa que saberia caminhar junto com a visão que Deus havia dado para a igreja do Coqueiral. E foi assim que o Pr. Elpídio nos apresentou o José Marcos: “Ele é diferente, tem seis anos de evangelho e ainda está no seminário. Ele é militar de carreira, sargento, servindo aqui no batalhão do exército próximo da igreja”.

Quando a nossa comissão de sucessão pastoral foi conversar com ele e sua família, fizemos um questionário pois queríamos saber de verdade se era ele. Pedimos perdão pela nossa falta de fé, mas fizemos dez perguntas e pedimos a Deus que o candidato respondesse a todas as dez perguntas da forma como entendíamos que deveria ser. Quando a comissão pastoral chegou na casa de José Marcos, um dos jovens olhou para a residência dele, uma residência militar, e disse, “Olha, eu tive um sonho com a fachada desse prédio esta noite. Igualzinho”. Isso nos encheu com muita alegria e quando chegamos e começamos a conversar, ele respondeu as perguntas de acordo com nossas expectativas! Ali foi a cartada final que nos deu a confiança para crer que efetivamente José Marcos era o homem que Deus estava enviando para nós.

Deus escutou de verdade as nossas orações! O convite formal foi feito, nós o consagramos como pastor, antes mesmo dele terminar o seminário. Com isso se comprovou a palavra da escolha de Davi. Sim, José Marcos era totalmente fora do padrão. Isso nos trouxe muita paz e estamos caminhando juntos há duas décadas.

Deus só tem confirmado o trabalho da Igreja Batista do Coqueiral dentro das nossas comunidades. Louvo a Deus por isso. Por que mesmo sendo uma igreja tradicional, nós não nos furtamos em buscar experiências diferentes e até sobrenaturais na intenção de ouvir a voz de Deus. Mas abrimos o coração para que Deus falasse e ele falou. Louvado seja Deus.

 

Evandro Alves, 45 anos, Assistente Social. Casado com Adriana, pai de Lucas e Habriel. Sou membro da Igreja Batista em Coqueiral e membro da Diretoria do Instituto Solidare.

 

*Disponível para compra no site da Editora Esperança no link: bit.ly/compraedesperança

 

Baixe os materiais do Guia MMO 2020!

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Receba nosso boletim quinzenal gratuitamente

Preencha seu nome e o melhor email abaixo para receber nosso boletim

Não se preocupe, não enviamos spam!

Receba nosso boletim quinzenal gratuitamente

Prerencha seu nome e o melhor email abaixo para receber nosso boletim

Não se preocupe, não enviamos spam!

Receba nosso boletim quinzenal gratuitamente

Preencha seu nome e o melhor email abaixo para receber nosso boletim

Não se preocupe, não enviamos spam!

Receba nosso boletim quinzenal gratuitamente

Prenencha seu nome e o melhor email abaixo para receber nosso boletim

Não se preocupe, não enviamos spam!

Receba nosso boletim quinzenal gratuitamente

Preencha seu nome e o melhor email abaixo para receber nosso boletim

Não se preocupe, não enviamos spam!