fbpx
Adoção: antes tarde do que nunca, será?

Adoção: antes tarde do que nunca, será?

Ter certeza de que eu quero adotar uma criança é algo difícil. A dificuldade aumenta quando a convicção e o desejo precisa ser compartilhado a dois. Mas a angústia e receios se multiplicam grandemente quando se trata de uma criança com mais de 5 anos, a chamada “adoção tardia”.

De 2011 para cá, a aceitação da adoção tardia aumentou de forma espetacular segundo dados oficiais. Isto é uma excelente notícia. (Veja números sobre adoção aqui).

Ainda assim, é importante o tempo de preparo e consideração sobre esta importante missão!

Adoção é um ato espiritual que afeta a todos nós! Só podemos nos chamar de “filhos de Deus” porque ele nos adotou primeiro! Adoção é um ato que demanda toda sorte de interação com o mundo secular. Existem leis, obrigações, processos, etc. E, principalmente, existe uma transformação nas relações da família que adota que afeta a cada um e a todos.

Nada melhor do que começar a sua investigação sobre o tema a partir das reflexões da psicóloga Isabele Ludovico em dois artigos sobre o tema. O primeiro, Adoção tardia: o desafio de adotar uma criança mais velha, foi publicado na Edição 27 da Revista Mãos Dadas, o segundo, Somos todos filhos adotados, na Edição 28. Ambos continuam atualíssimos!


Receba nosso boletim quinzenal gratuitamente

Preencha seu nome e o melhor email abaixo para receber nosso boletim

Não se preocupe, não enviamos spam!


Curta e siga-nos!

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat

Receba nosso boletim quinzenal gratuitamente

Prenencha seu nome e o melhor email abaixo para receber nosso boletim

Não se preocupe, não enviamos spam!