Alguém pensou nos avós que cuidam das crianças?

Alguém pensou nos avós que cuidam das crianças?

Sim, alguém já pensou. Veja um material produzido com o foco nos avós cuidadores. Clique aqui!

Fizemos uma entrevista com a Denise Maranhão, co-responsável pela elaboração do material Família Cuidadora: manual de apoio no trabalho social com avós e outros cuidadores na proteção e fortalecimento das crianças e adolescentes juntamente com a Visão Mundial.

Como foi elaborado o material da “Família Cuidadora”?
Na vivência em projetos sociais e políticas públicas com crianças e adolescentes, vimos se ampliar a consciência do papel da família e a importância da convivência e fortalecimento dos vínculos familiares .

Observamos hoje que em boa parte das famílias muitas crianças permanecem sob os cuidados das avós e avôs.

Com objetivo de apoiar e fortalecer esses avós nessa importante tarefa de cuidado e proteção das crianças e adolescentes, surgiu o material Família Cuidadora: manual de apoio no trabalho social com avós e outros cuidadores na proteção e fortalecimento das crianças e adolescentes.

Os avós necessitam desenvolver suas competências, recebendo ferramentas conceituais e práticas para acolherem adequadamente esses filhos do coração, que são os netos.

Assim, conceitos como resiliência e bons tratos são desenvolvidos através de uma série de oficinas onde um facilitador comunitário propicia trocas e reflexões práticas entre avós cuidadores. Na convivência com os netos queremos ver avós melhor capacitados a:

  • acolher e cuidar;
  • fortalecer as relações e os vínculos;
  • conhecer e defender os direitos;
  • desenvolver a relação baseada em ações de bons tratos.

Como você vê o cuidado dos avós?
Eles tem um importante papel porque ocupam o lugar de referência e exemplo para as crianças e adolescentes. Mais do que isso, são pessoas que influenciam positivamente com proteção e afetividade determinantes no desenvolvimento sadio.

Quando os avós cuidadores se relacionam através de bons tratos, estão prevenindo comportamentos violentos e conseqüentemente sendo promotores na garantia dos direitos e desenvolvimento saudável das crianças.

Pela experiência e maturidade, os avós podem dedicar tempo e focarem em aspectos significativos no cuidado e demonstração de amor às crianças sob sua responsabilidade.

Como parte de uma família, os avós podem contribuir significativamente no desenvolvimento de sentido, pertencimento e aceitação que uma criança e adolescente aprenderá através dessa convivência.

Qual mensagem você deixa para os avós nesse período de quarentena?
Encorajo os avós a investirem intencionalmente tempo e energia para construírem uma relação significativa com seus netos.

A dedicação ao netos vai dar sentido a essa etapa de suas vidas. Certamente, avós são muito importantes para a proteção e desenvolvimento das crianças e adolescentes porque podem demonstrar um amor genuíno e incondicional essencial para que cresçam de forma sadia.

Como retorno eles receberão parceria e intimidade que alimentará sua alma. Lembre-se de contar histórias de sua vida, falar de seus sentimentos e de orar sistematicamente a fim de que o Senhor derrame a sua benção sobre seus netos. Eles nunca esquecerão desses anos tão importantes de suas vidas.

  • Denise Maranhão serviu como Assistente Social na Bem Estar do Menor (BEM), organização social missionária que atua em Sabinópolis-MG e região. Integra a equipe do CLAVES Brasil que atua na prevenção da violência e promoção de bons tratos em famílias.

Baixe o material para download!

 


Receba nosso boletim quinzenal gratuitamente

Preencha seu nome e o melhor email abaixo para receber nosso boletim

Não se preocupe, não enviamos spam!


Curta e siga-nos!

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat

Receba nosso boletim quinzenal gratuitamente

Prerencha seu nome e o melhor email abaixo para receber nosso boletim

Não se preocupe, não enviamos spam!

Receba nosso boletim quinzenal gratuitamente

Preencha seu nome e o melhor email abaixo para receber nosso boletim

Não se preocupe, não enviamos spam!