As crianças voltarão?

As crianças voltarão?

Resposta curta: a perda será menor para as igrejas que já aprenderam a ser amigas das crianças.

→ Leve-me direto para o teste “Igreja Amiga da Criança”

 Ainda não está claro para pastores, líderes e pessoas ligadas à educação cristã nas igrejas locais, qual será o verdadeiro impacto da pandemia na vida das crianças. Alguns líderes mundiais apontam para uma evasão de pelo menos 30% na participação dominical. 

De acordo com uma pesquisa realizada por uma equipe de pesquisadores acadêmicos e praticantes do ministério, no Brasil, 20% das igrejas deixaram de realizar qualquer atividade para as crianças durante os estágios iniciais da pandemia, 32% transferiram seus esforços para o ambiente online, menos de 10% das igrejas ofereceram uma forma de interação pessoal com as crianças (realização no Brasil por meio da Geração Elo).

Talvez o nosso desempenho tenha sido prejudicado pelo paradigma segundo o qual a tarefa abraçada pela igreja é a de formar alunos e não discípulos. Será que nos esquecemos de ser amigos das crianças e adolescentes em nosso meio?

Segundo Jesus, a igreja é um rebanho onde ele é o Bom Pastor. Não existe rebanho sem filhotes e todos nós sabemos que a saúde do rebanho está diretamente ligada à sua capacidade de prover um espaço saudável para os pequeninos.

Uma igreja amiga é aquela na qual as crianças e adolescentes (assim como os novos na fé)  se sentem acolhidos, amparados em suas necessidades especiais e estimulados a crescer e a se desenvolver no seu relacionamento com o Bom Pastor.

Antes de prontamente apontar para a família como os principais responsáveis por esta evasão, é importante avaliar nossa atuação. Quando uma criança tem entusiasmo pela sua igreja, ela impulsiona a família a participar ativamente na comunidade de fé.

Aqui está uma pergunta que merece nossa atenção: Por que uma ovelha foge do aprisco? O infográfico abaixo representa uma tentativa de responder a esta pergunta. 

A Rede Mãos Dadas também criou uma trilha de avaliação com cinco paradas. Clicando no botão abaixo, você poderá avaliar a atuação da sua igreja em cinco áreas: inclusão, escuta, proteção, benção e promoção das crianças. Se perseverar até a etapa cinco, você receberá o relatório da pesquisa “Precisamos de um novo plano para o ministério das crianças?”

Avalie a atuação da sua igreja

 

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Receba nosso boletim quinzenal gratuitamente

Preencha seu nome e o melhor email abaixo para receber nosso boletim

Não se preocupe, não enviamos spam!

Receba nosso boletim quinzenal gratuitamente

Preencha seu nome e o melhor email abaixo para receber nosso boletim

Não se preocupe, não enviamos spam!

Receba nosso boletim quinzenal gratuitamente

Preencha seu nome e o melhor email abaixo para receber nosso boletim

Não se preocupe, não enviamos spam!