Atenção individual: necessidade básica

Atenção individual: necessidade básica

Eduardo Pires é casado com Simone com quem tem 6 filhos, sendo um biológico e cinco por adoção de um grupo de irmãos. Bacharel em Teologia, atualmente serve como pastor da Igreja Vida Nova, em Peruíbe. Coordenador do GAAPRE – Grupo de Apoio à Adoção de Peruíbe e Região, e do Projeto Cristão de Apoio à Adoção Boas Novas em São Paulo/SP. Atua também como membro do Conselho Gestor do MDO – Movimento pelo Direito do Órfão e representante do WWO Brasil – Mundo sem Órfãos.

Esses movimentos visam reduzir o número de crianças e adolescentes, em condição de vulnerabilidade e institucionalização.

Destacamos algumas falas chaves dessa  conversa que nos traz uma lição sobre uma atenção para dentro das nossas casas.

  • Um destaque que o Eduardo faz é de que “a pandemia de certo modo nos forçou a viver em família, a ser família, e se entendermos isso poderemos sair melhor com os benefícios que essa vivência pode gerar.”
  • Eduardo compartilha que este tempo de pandemia tendo sido muito rico, pois ela chega em seu segundo ano de adoção de seus filhos, e isso trouxe para sua família uma percepção do outro na sua dor e sofrimento, que por alguns momentos pode estar mascarado.
  • Uma reflexão de Eduardo deixa um conselho aos ouvintes: “ouça e acolha a dor do outro, antes de julgar, consertar ou ensinar o outro.”

Para saber mais sobre a entrevista.

Ouça o podcast na íntegra aqui!

 

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba nosso boletim quinzenal gratuitamente

Preencha seu nome e o melhor email abaixo para receber nosso boletim

Não se preocupe, não enviamos spam!

Receba nosso boletim quinzenal gratuitamente

Prerencha seu nome e o melhor email abaixo para receber nosso boletim

Não se preocupe, não enviamos spam!

Receba nosso boletim quinzenal gratuitamente

Preencha seu nome e o melhor email abaixo para receber nosso boletim

Não se preocupe, não enviamos spam!