fbpx
Violência sexual contra meninos: o que este fenômeno revela sobre a construção da masculinidade?

Violência sexual contra meninos: o que este fenômeno revela sobre a construção da masculinidade?

Veja um trecho do artigo do Alexandre Gonçalves a respeito desse assunto:

• Homens e meninos também são suscetíveis à violência sexual, e isto não tem nenhuma relação com sua masculinidade (tornar-se “menos homem” por isso);

 

• Ainda que um menino tenha sentido prazer ou ficado excitado durante o abuso que sofreu, isso não significa que ele quis, provocou ou consentiu com aquela situação;

 

• Mesmo que, por qualquer motivo (curiosidade, sedução, coerção, etc.) um menino tenha consentido em algum tipo de interação sexual com um adolescente mais velho ou um adulto, ele não tem responsabilidade ou culpa por isso, pois a responsabilidade de evitar o abuso é sempre dos adultos;

 

• Apesar de algumas peculiaridades e diferenças, o abuso sexual contra meninas e meninos é igualmente prejudicial a ambos e deve ser prevenido e enfrentado;

 

• Meninos podem ser abusados sexualmente tanto por homens quanto por mulheres, sejam estes heterossexuais ou homossexuais, pois o abuso sexual não está relacionado à orientação sexual da pessoa que abusa;

 

• A orientação sexual de um menino não é o motivo nem o resultado de um abuso sexual que ele eventualmente possa vivenciar, pois a origem das intenções de autores de violência sexual não se concentra especificamente na orientação sexual de suas vítimas;

 

• Mulheres e adolescentes do sexo feminino também podem abusar sexualmente de meninos, e eles não são “privilegiados” por isso, mas vítimas de um crime;

 

• Felizmente, a maioria dos meninos vítimas de abuso sexual não se tornarão autores desse tipo de violência, seja contra mulheres, meninas ou outros meninos.

 


Receba nosso boletim quinzenal gratuitamente

Preencha seu nome e o melhor email abaixo para receber nosso boletim

Não se preocupe, não enviamos spam!


Curta e siga-nos!

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat

Receba nosso boletim quinzenal gratuitamente

Preencha seu nome e o melhor email abaixo para receber nosso boletim

Não se preocupe, não enviamos spam!