fbpx

Dia 6: ” Ensina-nos a encontrar refúgio em ti em meio a adversidade “

Os meus olhos estão sempre voltados para o Senhor, pois só ele tira os meus pés da armadilha. Volta-te para mim e tem misericórdia de mim, pois estou só e aflito. As angústias do meu coração se multiplicaram; liberta-me da minha aflição. Olha para a minha tribulação e o meu sofrimento, e perdoa todos os meus pecados. Vê como aumentaram os meus inimigos e com que fúria me odeiam! Salmo 25:15-19 (NAA).

O versículo 15 retorna à ideia de esperar: “Meus olhos estão sempre voltados para o SENHOR”. Ele está esperando que o Senhor o salve. Davi continua a notar seus sentimentos; solitário e aflito, angustiado, oprimido pelo número de inimigos. Isso nos dá uma ideia de que isso já está acontecendo há algum tempo. Talvez ele tenha tentado de tudo e as coisas só tenham piorado. Portanto, apesar da situação, o coração de Davi espera pelo Senhor.

Essa espera não se dá porque o Senhor não tenha percebido a situação ou porque esteja ocupado resolvendo outras coisas. De acordo com Tiago, há benefícios a serem colhidos nesta espera:

Meus irmãos, considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provações, pois vocês sabem que a prova da sua fé produz perseverança. E a perseverança deve ter ação completa, a fim de que vocês sejam maduros e íntegros, sem lhes faltar coisa alguma. Tiago 1: 2-4(NAA)

A constância pode ser traduzida como “resistência” ou “paciência”. Confiança, e isso por temor ao Senhor, gera em nós a capacidade de esperar. Essa espera cria em nós a virtude da paciência, e assim adquirimos também a capacidade de suportar. O efeito de esperar, de praticar a paciência, nos torna pessoas melhores, mais semelhantes a Cristo. Quando confiamos totalmente no Senhor, reconhecemos que não nos falta nada.

Nossa cultura nos diz que algo está sempre faltando. Isso faz com que esperemos constantemente por tecnologias mais novas e mais rápidas. Dizem que podemos aprender ou obter um diploma mais rápido agora. Dizem que não devemos esperar, podemos comprar no crédito. Assim que aprendemos algo novo, somos convidados a aprender algo ainda melhor. Nossa sociedade nos treina para sermos insatisfeitos com o que temos, com os tempos necessários para se obter algo; nunca estamos satisfeitos. 

Esse constante estado de insatisfação nos mostra que somos incompletos. Exatamente o oposto do que nos foi prometido.

Jesus foi capaz de seguir em frente com o caminho até a cruz porque sabia que nada lhe faltava, desde que confiasse no Pai. Ele caminhou pela Galiléia e foi para Jerusalém, numa velocidade máxima de 5 km/h. Ele nunca viajou a cavalo ou carruagem, e, no entanto, nunca se queixou disso. 

Enquanto isso, o Império Romano se preocupava em mover rapidamente suas legiões para manter o controle de seu império, construindo o sistema de estradas mais avançado do mundo de então para permitir que chegassem onde desejassem o mais rápido possível. Jesus não teve ao seu dispor nenhuma das coisas modernas que temos hoje, e ainda assim, teve tudo que precisava para salvar o mundo inteiro, do pecado, da morte e do diabo.

Davi “está sempre com os olhos voltados para o Senhor”. É um hábito, praticado por ele em todos os tipos de situações adversas, desconfortáveis, faltando muitas coisas, mas ele tem uma constante: a confiança no Senhor.

O que causa impaciência em você? O que você acha que falta? Como a prática da espera no Senhor pode tornar você mais completo mesmo quando o mundo ao seu redor proclama que falta muita coisa para você?

Crianças e adolescentes herdam de nós adultos nossas atitudes em relação ao mundo. Quando estamos impacientes, insatisfeitos, ansiosos e preocupados com o dia de amanhã, comunicamos a eles que deve estar faltando algo. Não é muito útil para nós negarmos nossas preocupações e fingir que estamos satisfeitos quando a realidade é que eles compreenderam tudo muito bem: estamos impacientes e com medo do futuro!

Faça a seguinte oração, se possível na PRESENÇA da criança ou adolescente por quem você intercede:

Jesus, os meus olhos estão sempre voltados para o Senhor, pois só o Senhor me livra das armadilhas que ameaçam a minha vida e a vida da minha família.
Volta-te para mim e tem misericórdia de mim, pois estou só e aflito(a).
O(a) ______________ talvez nunca tenha me ouvido admitir os meus medos, as angústias do meu coração que se multiplicam. Mas eu quero que ele(a) saiba que eu creio na tua libertação; só o Senhor pode dissipar a minha aflição.
Não olhe só para o meu sofrimento, cuida também de todo o medo e ansiedade que possa estar no coração do(a) ___________. Juntos declaramos que o Senhor é bom o tempo todo.
Acalme o nosso coração e nos dê a paz!

  • Por James Gilbert