Dia 2: Jesus precisava de ajuda quando estava sozinho no deserto?

Dia 2: Jesus precisava de ajuda quando estava sozinho no deserto?

Prosseguimos na Trilha de Leitura: Ensina-nos sobre o cuidado mútuo.

→ Leve-me direto ao Guia MESC 2021

→ Leve-me direto ao Prêmio Cida Mattar

Nessa leitura vamos identificar como nosso contexto pandêmico nos tornou ou intensificou nossa necessidade de ser cuidado e de cuidar. Baseada no texto bíblico de Mateus 4, o comportamento de Jesus totalmente vulnerável, sozinho e com fome, se aproxima de nós.

A tentação de Satanás sugeriu a Jesus uma forma rápida de se tornar poderoso, espetacular. De certa forma, isso era um atalho para escalar até aquele lugar de autoridade incontestável.

Na segunda tentação, Satanás tenta Jesus a mostrar sua autoridade sobre os anjos. E na terceira, Satanás lança uma aposta total: “todas as nações serão suas se você me adorar”.

Se Jesus tivesse aceitado qualquer uma dessas tentações, ele estaria escolhendo manter o status quo. A escolha seria de reinar através da manifestação de poder e de manipulação das massas. Em vez disso, Jesus escolheu adorar a Deus.

Esse é um trecho do Dia 2, leia o artigo completo. AQUI!

Convidamos você a reservar 20 minutos por dia pelos próximos 4 dias para orar conosco sobre como temos vivenciado o cuidado mútuo, e que estejamos prontos para aprender com Jesus. Clique no botão abaixo para iniciar a trilha de leitura.

 

Trilha de Leitura!

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba nosso boletim quinzenal gratuitamente

Preencha seu nome e o melhor email abaixo para receber nosso boletim

Não se preocupe, não enviamos spam!

Receba nosso boletim quinzenal gratuitamente

Prerencha seu nome e o melhor email abaixo para receber nosso boletim

Não se preocupe, não enviamos spam!

Receba nosso boletim quinzenal gratuitamente

Insira seu nome e o melhor email abaixo para receber nosso boletim

Não se preocupe, não enviamos spam!

Receba nosso boletim quinzenal gratuitamente

Preencha seu nome e o melhor email abaixo para receber nosso boletim

Não se preocupe, não enviamos spam!